[Resenha] Marley e Eu

marleyLivro: Marley&Eu
Autor: John Grogan
Número de Páginas: 304
Editora: Prestígio Editorial

Sinopse: John e Jenny eram jovens, apaixonados e estavam começando a sua vida juntos, sem grandes preocupações, até ao momento em que levaram para casa Marley, “um bola de pelo amarelo em forma de cachorro”, que, rapidamente, se transformou num labrador enorme e encorpado de 43 quilos. Era um cão como não havia outro nas redondezas: arrombava portas, esgadanhava paredes, babava nas visitas, comia roupa do varal alheio e abocanhava tudo a que pudesse. De nada lhe valeram os tranquilizantes receitados pelo veterinário, nem a “escola de boas maneiras”, de onde, aliás, foi expulso. Mas, acima de tudo, Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional. Imperdível.

Em Maley & Eu somos apresentados a Marley, um labrador super agitado, com medo de tempestades, mas extremamente carinhoso. John e Jenny decidem que precisam comprar um cachorro para testar suas habilidades de pais e, assim que eles veem Marley, ficam totalmente apaixonados pela sua cara de anjinho. Logo, eles decidem levá-lo para casa, ignorando todos os avisos da antiga dona do cachorro sobre sua tremenda agitação. Mas, o que eles não sabiam, é que Marley iria mudar suas vidas para sempre.

Ao longo do livro, acompanhamos as aventuras de Marley, que passa do cãozinho fofo ao cão pior cão do mundo em pouquíssimo tempo. O livro é narrado por John que é um jornalista e acaba virando um cronista de sucesso com as histórias de Marley.

O início do livro é um pouco cansativo, porém, uma vez que a leitura ganha um ritmo maior, é impossível parar de ler. As histórias que Marley faz seus donos passar são, em sua maioria, vergonhosas, mas, nos ensinam o valor da família e da compreensão. Ele podia pecar em diversos sentidos – comendo objetos que não deveria, rasgando almofadas, etc. -, mas sempre foi o melhor amigo possível quando preciso.

Além das histórias de Marley, também acompanhamos a vida de Jenny e John, que, alguns anos depois de comprarem um cachorro, acabam decidindo ter filhos e, junto com isso, vem diversas adversidades que vão causar muitos desentendimentos. No final, Jenny tem não só um, mas três filhos – pra quem não tinha habilidade pra ser mãe, ein?!.

“Como qualquer relacionamento, este tinha seu preço. E acabamos aceitando este preço em troca da alegria, diversão, proteção e companheirismo que ele nos proporcionava. Poderíamos ter comprado um iate com o que gastamos com nosso cachorro e tudo que ele destruiu. Mas, me pergunto: quantos iates ficam esperando junto à porta o dia inteiro até você voltar?”

Marley & Eu é um livro emocionante sobre a vida de um cachorro que foi o pior e o melhor cão do mundo. Você vai rir – gargalhar – , gritar, chorar e viver as aventuras do melhor amigo do homem.

Super recomendo a leitura desse livro que cativa a todos, mas prepare os lencinhos – ainda mais se você tiver um cachorrinho!

“Cães não precisam de carros luxuosos, casas grandes ou de roupas chiques. Água e alimento já são o suficiente. Um cachorro não liga se você é rico ou pobre. Esperto ou não. Inteligente ou não. Entregue o seu coração e ele dará o dele. De quantas pessoas podemos dizer o mesmo? Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial? Quantas pessoas nos fazem sentir extraordinários?”

Resenha por: Vanessa Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s