A última carta

a ultima carta

Meu ex amor,

Queria começar essa carta dizendo que é o fim. Sim, cansei de colocar reticências e vírgulas onde já deveria estar um ponto final há muito tempo. A verdade é que você sumiu. Um dia você tava aqui indo na praça comigo e no outro você decidiu ir embora, sem me dizer o porquê. E eu descobri, tarde demais, que você não iria voltar.

Antes de começar a enumerar os motivos pelos quais tenho razão, queria dizer que eu te esperei. Foram semanas esperando a sua ligação, sua mensagem ou a sua batida na minha porta. Todo esse tempo sem dar bola pra mais ninguém e te defendendo quando meus amigos perguntavam sobre você. Eles diziam que você tinha ido embora e tudo que eu escutava era o som da sua voz. Meus pais me disseram pra te esquecer, mas como deixar ir alguém que nunca disse adeus?

Sim, minha querida, de todas as suas falhas, essa foi a pior. Você não disse adeus. Me deixou ficar na esperança e fez com que a mesma fosse se esvaindo a cada dia mais, até que não restasse mais nada. E, enquanto você sorria com suas amigas nas mais incríveis festas da cidade, eu tentava não abrir a caixa com todas as cartas de sonhos e planos que você um dia me escreveu.

Você sumiu sem levar suas roupas e deixou sua escova de dente no banheiro, como quem diz que vai ali e já volta. Todas as suas coisas permaneceram espalhadas pela casa e todos os seus lembretes ficaram colados na geladeira, só pro caso de você voltar e querer lembrar tudo que tinha esquecido. E, quando falo em esquecer, não falo das roupas ou dos sapatos, falo de mim e do meu amor. Por que de todas as coisas que você podia levar, você escolheu justo me levar?

Talvez eu nunca entenda o porquê de você não estar mais aqui, mas a verdade é que isso não importa mais, porque agora acabou. Pois, após muito chorar e me lamentar, aprendi a colocar um fim na nossa história e essa foi a melhor maneira que encontrei de te dizer isso, dizendo minhas últimas palavras para você da forma como você me disse que me amava todas as vezes. Meu amor, você não ocupa mais um lugar em mim. Adeus.

Ninguém que você se lembre

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s