[Resenha] Para Todos os Garotos Que Eu Já Amei

91sqvy8qejl-_sl1500_Livro: Para Todos os Garotos Que Eu Já Amei                     Autora: Jenny Han                                                                     Número de páginas: 316                                                          Editora: Intrínseca

“Quando escrevo, não reprimo nada. Escrevo como se ele nunca fosse ler. Porque não vai mesmo. Cada pensamento secreto, cada observação cuidadosa, todos os sentimentos que guardei dentro de mim, coloco tudo na carta. Quando termino, fecho o envelope, escrevo o endereço e coloco dentro da caixa de chapéu azul-petróleo.” 

Lara Jean é uma adolescente sonhadora e, irremediavelmente, apaixonada pelo amor. Já amou 5 garotos ao longo da vida, mas como nenhuma das paixonites foram para frente ela arranjou um jeito de por tudo para fora e seguir em frente. Ela escreveu, escreveu tudo o que sentia em cartas endereçadas aos seus amores, mas que ela nunca enviava. Ao invés disso ela guardava todas consigo em uma caixa de chapéus que sua mãe tinha lhe dado.

“Se o amor é como uma possessão, talvez minhas cartas sejam meu exorcismo. As cartas me libertam.”

Mas um dia cada uma dessas cartas é misteriosamente enviada a cada um dos seus ex amores e as consequências desses envios são as mais inesperadas. Ela vê todos os seus sentimentos mais uma vez expostos e postos para fora da segurança da caixa de chapéu. E vale de tudo para lidar com a situação, inclusive um namoro fake.

“Você sabe como é gostar tanto de alguém que é insuportável saber que essa pessoa nunca vai sentir a mesma coisa por você?”

Em Para Todos os Garotos Que Já Amei somos apresentados a um lindo e leve romance adolescente, e se você quer se distrair e se desligar da realidade, com algo leve e simples, nada melhor do que isso. E esse livro nos dá um dos melhores exemplos disso, é uma narrativa leve, fácil e ao mesmo tempo envolvente. Um clássico YA (Young adult) que poderia facilmente virar um ótimo filme adolescente, com todos os seus personagens super carismáticos e encantadores.

“Aposto que, se um dia nos beijássemos de novo, eu pegaria alguma coisa sim, e não seria amor. Seria herpes!”

Para começar, temos a nossa linda e fofa protagonista, uma típica adolescente cheia de dúvidas, sonhos e sentimentos que nem ela consegue compreender muito bem; mas mesmo assim faz de tudo para proteger os dela e os daqueles que ela ama. Temos também as suas duas irmãs, Margot, a mais velha, que assumiu o papel de mãe da família quando elas perderam a mãe verdadeira, e a Kitty, a mais nova, que é responsável por espantar a todos com suas tiradas incríveis que nos fazem duvidar de sua pouca idade. E para completar a família temos o pai das meninas que é aquele compreensivo que aparece nas horas certas e faz de tudo pelas filhas.

 “O amor é assustador: ele muda, ele pode ir embora. Esse é o risco. E eu não quero mais ficar com medo.”

E para completar o time dos personagens temos os nossos galãs, responsáveis por nos arrancar suspiros. Peter Kavinsky, o típico gato mais popular da escola e crush de todas , e Josh, namorado de Margot e responsável pelo papel de nerd, certinho, lindo e apaixonante. Uma das coisas que mais me chamou atenção é como a autora consegue expor de forma bem clara, e criteriosa, as características de cada um e assim fazer com que todos tivessem seu determinado lugar na história.

“Sempre gostei mais do primeiro dia de aula do que do último. Começos são sempre melhores que términos.”

E por esse e outros tantos motivos eu recomendo o livro para qualquer um que queira algo leve, doce e engraçado para se distrair. É aquela leitura leve que te envolve e encanta de forma suave, e que merece ter um lugar na sua estante. E, além disso, já tem a continuação dele que se chama “PS. Ainda Amo Você”, foi lançado em janeiro e, como eu já li, vai ter resenha dele aqui no blog também. Essa foi a resenha de hoje, espero que vocês tenham gostado, beijão!

Resenha por: Gracielle Anacleto 

Anúncios

Um pensamento sobre “[Resenha] Para Todos os Garotos Que Eu Já Amei

  1. Pingback: [Resenha] P.S Ainda amo você | Pense Teen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s