[Resenha] A Namorada do Meu Amigo

a_namorada_do_meu_amigo_frenteLivro: A Namorada Do Meu Amigo
Autora: Graciela Mayrink
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 336

“Naquele momento percebi o que estava acontecendo comigo: estava começando a me apaixonar pela namorada do meu amigo e não conseguia parar de pensar em Juliana desde que a revi.”

 

Cadu, Caveira e Beto são melhores amigos. Os três mosqueteiros como os vizinhos costumam dizer. Mas, eles possuem uma vizinha, a Juju, de 8 anos muito chata! Ela insiste em ser o D’artanham, o quarto mosqueteiro, mas é claro que tudo que os garotos de 12 anos querem é se verem livres da garota para poderem brincar em paz. E é então que eles recebem a melhor notícia possível: Juju vai se mudar para o outra cidade!

Oito anos depois, os meninos continuam amigos, ainda que crescidos e com outros interesses agora. E então, Cadu viaja para a cidade que sua mãe mora, assim como faz todo ano. E, quando volta depois de três meses, Caveira conta duas novidades para ele: A Juju – aquela pirralha que todos odiavam – está de volta e o Beto está namorando com ela.

Cadu então pensa que o Beto ficou maluco, como assim ele está namorando com aquela ridícula da Juju. Porém, quando ele vê Juju, ou melhor dizendo, Juliana, ele percebe que ela não lembra nada aquela garotinha de oito anos atrás, ela está linda, charmosa e… Pera, Cadu não pensar todas essas coisas, afinal, ela é a namorada do Beto, seu melhor amigo! Ih…

“Os momento de decisão são importantes em nossa vida, mas nem sempre significam algo bom ou fácil.”

Acho que quase todo mundo sabe que eu adoro um livro de romance e quando vi a sinopse desse livro, fiquei extremamente curiosa, porque ou a autora ia fazer todos odiarem, devido ao fato do protagonista ser o “vilão” ou todos iam amar o enredo e o triângulo amoroso. E acredito que a Graciela soube como dosar o ódio e o amor. Tiveram vários momentos em que eu tive vontade de matar o Cadu, mas outros em que a autora nos fez entender o que estava acontecendo e até dar aquela leve torcida pra tudo dar certo.

Os três mosqueteiros são personagens cativantes: Cadu te dá aquela relação de amor e ódio, Caveira é super engraçado e faz a leitura ficar mais leve, não importa a tensão que você esteja, e o Beto, ah, não tem como não amar o Beto, ainda que ele seja suuuuper protetor com as irmãs dele. E, o melhor de tudo, é que eles sempre colocam a amizade deles em primeiro lugar, dá pra ver o quanto um importa pro outro.

“Não se pode deixar nada nesta vida sem tentar, para depois não se arrepender.”

Ah, e claro, temos as garotas: Alice (irmã do Beto que é apaixonada pelo Cadu) e Juliana. A Alice é aquela personagem super decidida quanto ao que quer, faz mesmo e não tem vergonha de assumir. E a Juliana é a típica mocinha, fica com vergonha fácil e meio insegura quanto as suas decisões. Eu confesso que o fato da Juliana ficar com um pé atrás sempre, me irritou bastante.

Enfim, o livro trás uma leitura leve e tranquila, onde em poucas horas ou dias você o termina. É impossível não se envolver com a história que Graciela criou, o difícil mesmo é conseguir escolher um lado hahah Espero que tenham gostado, beijos!

Resenha por: Vanessa Oliveira

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s