#PeloRio: Museu Casa do Pontal

banner-rj-006Oi, gente!

Então, lembram da coluna ‘Por onde estive’? Essa vai ser meio que uma sub categoria dessa coluna! Bom, para quem não sabe ainda, eu moro no Rio de Janeiro (no Estado do Rio, mas deixa pra lá), acho difícil vocês não saberem isso porque tá escrito na minha bio, maaaas o que vocês não sabem (eu acho) é que eu estudo no Cefet/Rj (tá, Vanessa, e daí?) e faço curso técnico de Guia de Turismo Regional lá (depois eu e Gabi contamos um pouco mais sobre o curso) e, consequentemente, tenho que fazer muitas visitas técnicas no Rio de Janeiro. Logo, resolvi que poderia ser uma boa ideia criar uma categoria no blog pra mostrar o quanto o Rio é incrível, dar dicas de lugares para visitar e, provar como o Rio é muuito mais do que praias! Então, bora começar explorando o Rio por um destino que eu adorei: Museu Casa do Pontal.

museu-casa-do-pontalBom, primeiramente, o Museu tem uma história incrível, deixa eu contar pra vocês: Jacques Van de Beuque, um francês, após fugir de uma CAMPO DE TRABALHO FORÇADO (me lembrou ‘A garota que você deixou para trás’ ♥) na Alemanha, quer deixar a Europa e então, em Paris, conhece o pintor Candido Portinari que o incentiva ao ir para o Brasil. Então, ele vai a Recife onde conhece o Mestre Vitalino (♥) e outras artistas de caruaru, e fica impressionado com os bonecos de barro que contavam a vida de um homem que vivia no sertão Pernambucano e, é a partir daí que ele inicia sua coleção e começa a surgir sua paixão pela arte brasileira. Em 1974 ele compra um sitio (abandonado) no Recreio, Rio de Janeiro e com a ajuda de sua esposa começa as reformas do espaço e em 1986 ele finaliza a exposição permanente da casa do pontal (só se torna um museu em 1995). Gente, se vocês virem as fotos de como o Museu era antes de reforma…

Chegando lá, eu e minha turma fomos recebidos por esses dois caras super simpáticos que nos receberam exatamente assim: cantando! Deixa eu explicar isso, todos os guias desse museu tem um violão (todos os que eu vi por lá) e a visita é feita da seguinte maneira: todo o trajeto do museu, as obras, tudo que possui lá dentro, é explicado de maneira musical, o que faz com que a visita fique super divertida e ah, tem várias partes que os guias pedem a ajuda do público para representar algo, isso faz com que você não apenas se sinta visitando, mas parece que você realmente faz parte daquilo!

IMG_20150515_221604Você não pode tirar foto lá dentro do Museu, mas essa foto aí de cima foi feita na exposição temporária ‘Bumba, meu Boi’ que a gente assistiu. Não sei se essa exposição tá lá ainda, mas essa é legal de ir com grupão mesmo, porque eles chamam o pessoal pra fazer o teatrinho lá, é supeeer legal, galera!

Bom, gente, espero que tenham gostado de conhecer um pouquinho do museu, eu não posso falar muito porque se não vou estragar a exposição e não quero fazer isso, quero que vocês curtam cada momento, assim como eu curti! O museu retrata a vida dos artistas populares, como eles viviam, o que eles viam, etc. E, é considerado hoje o maior e mais significativo museu de arte popular brasileira. Juro pra vocês que não irão se arrepender de visitá-lo (tem até esculturas que mexem lá!), e é sempre bom aprender um pouquinho mais sobre a cultura brasileira né! ♥

Espero que tenham gostado, em breve eu venho aqui falar de mais algum atrativo turístico do Rio de Janeiro pra vocês! Um beijão!

Obs: Caso queiram saber mais sobre o museu, acessem esse site

Post por: Vanessa Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s