[Resenha] A Playlist de Hayden

a-playlist-de-hayden_capa4_1Livro: A Playlist de Hayden
Autora: Michelle Falkoff
Número de Páginas: 288
Editora: Novo Conceito

Isto é o que Sam sabe:
Houve uma festa.
Houve uma briga.
Na manhã seguinte, o melhor amigo de Sam, Hayden, estava morto.
Tudo o que ele deixou para Sam foi uma playlist – e um bilhete.
O que Sam não sabe: Por quê???

Bom, esse é um livro que a Novo Conceito me enviou, após eu ter dito minhas primeiras impressões sobre os oito primeiros capítulos (leia aqui) e hoje eu vim falar um pouco dele pra você.

O livro retrata Sam tentando descobrir os motivos que levaram Hayden, seu melhor amigo e único companheiro, a se matarem, afinal, até onde Sam sabia, ele não tinha motivos para isso. Para ajudá-lo nessa busca, ele conta com apenas uma coisa: uma playlist de músicas deixadas pelo seu amigo para ele. Outra coisa que deixa Sam curioso é que, logo no ínicio do livro, ele vê uma garota no funeral de Hayden, que se apresenta como Astrid,que parece conhecer muito bem Hayden, mas se ela conhece… Por que Sam nunca ouviu falar dela? Mas, afinal, até onde Sam realmente o conhece?

Quem precisa de um grupo? Que mal tem em ter um único melhor amigo?

Ao longo do livro, somos apresentados a outros personagens, Eric, Ryan, etc. e, junto com Sam, vamos descobrindo os motivos que levaram Hayden a fazer tal coisa. É muito interessante ver o amadurecimento do Sam durante o livro, a maneira como ele começa a história e como ele termina a história, são maneiras totalmente diferentes, te fazem ver o quanto uma experiência é capaz de mudar alguém.

Eu jamais entenderia o quanto ele se sentiu ferido, confuso e desesperançado a ponto de decidir que não valia mais a pena tentar, e não estava irritado com ele por ele ter decidido fazer aquilo, mas jamais gostaria de sentir o mesmo. E também jamais gostaria de fazer outra pessoa se sentir assim.

Outra coisa que me chamou a atenção nesse livro é que trata sobre algumas coisas que estão bem presentes no nosso cotidiano, como: mentiras, bullying, o quanto alguém te influencia, o quanto você influencia alguém, inveja, ciúmes, medos, etc. O livro também faz você se questionar (assim como faz o Sam se questionar) o quanto você realmente conhece as pessoas que você tanto diz conhecer.

“Aquimago_Ged: Muitas pessoas querem ser invisíveis. Talvez elas até pensem que podem fingir que são. Mas sempre alguém as vê.”

Gostei bastante do livro e da maneira como é narrado, ainda que ache que a história poderia ser um pouco mais curta. A parte que eu mais gostei nesse livro foi que, diferente da maioria dos livros onde somente o personagem principal é trabalhado, pude ver e conhecer bem os personagens secundários do livro e como eles também foram afetados pela morte de Hayden.

Muito presunçoso da minha parte, não é? Achar que eu podia fazer diferença na vida de alguém que nem conhecia.

Nunca tinha lido nenhum livro da Michelle Falkoff mas, sem dúvida, procurarei outros livros da autora para ler, afinal, não são todos os autores que conseguem misturar mistério, romance e, tudo isso, relacionado a vida real, ou seja, o livro não é algo impossível de se acontecer.

“(…) e era não bom envolvê-la apertado em meus braços, sentir o corpo dela alinhado com o meu.”

Bom, gente, acho que é isso, podem correr para a livraria para comprar o seu livro! Um beijo!

Resenha por: Vanessa Oliveira

Anúncios

Um pensamento sobre “[Resenha] A Playlist de Hayden

  1. Pingback: [Resenha] Fale! | Pense Teen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s