Você deveria ter me pedido pra ficar

image

Lembra daquela noite de sexta feira em que eu saí da sua casa dizendo que nunca mais ia voltar e você ficou simplesmente sentado no sofá me encarando? Então, você nem sabe, mas eu fechei a porta e fiquei dez minutos parada ali esperando que você abrisse a porta e me pedisse pra ficar mais um pouco, mas você não pediu. Você deixou a porta fechada e deixou que eu fosse embora pensando que era só mais uma birra minha e que no dia seguinte eu já estaria te ligando novamente. E, pra falar a verdade, no segundo em que eu fechei a porta eu quis voltar, no instante em que eu me vi sozinha no meu quarto eu quis te ligar, mas aí eu lembrei que você nem me pedir pra ficar pediu e eu percebi que era sempre eu que pedia desculpas e que eu tava sustentando esse relacionamento sozinha. Percebi que eu tava me doando demais por alguém que não teve capacidade de dar um passo por mim.

E durante uma, duas, três semanas eu fiquei lá, sentada do lado do celular esperando que você me ligasse ou mandasse uma mensagem dizendo que eu era tudo que cê sempre quis e que eu tava fazendo falta aí, mas mais uma vez você não ligou.

E então eu chorei. Chorei por tudo que poderíamos ter sido e não fomos. Chorei por ver que você não correu atrás de mim e deixou o “nós” virar eu e você, assim, separado. Chorei por todas as vezes em que eu não aguentei e te procurei pra pedir desculpas quando eu sabia que não tinha feito nada errado.

Mas é que cara, eu tava disposta a fazer de tudo pra gente dar certo, tava disposta até a ir num jogo de futebol contigo enquanto minha série preferida tava passando. Eu tava disposta a deixar meu livro de lado em um pleno sábado só pra ir no cinema com você ver um filme que eu nem tava muito a fim de assistir. Eu tava disposta a tanta coisa pela gente…

E você podia ser tanta coisa pra mim e podia ter dado tão certo… mas não deu. Não deu porque entre todas as coisas que você poderia ter sido pra mim, você escolheu ser a saudade e saudade como a Paula Pimenta disse “ eu descobri que não tem nada de romântico, como os poetas costumam descrever. Saudade é ruim, dói, sufoca, faz com que nada tenha graça e que a gente fique pensando na pessoa que provocou o tempo todo.”

Escrito por: Vanessa Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s