[Resenha] Filme – Divergente

divergente_12

Estrelando: Shailene Woodley, Theo James, Kate Winslet, Zoe Kravitz e Ansel Elgort

Oi, gente!
Hoje eu vim aqui fazer a minha resenha do filme Divergente! Prometo que não vou ficar comparando com o livro, serei totalmente imparcial(eu acho).

Bom, nesse primeiro filme, acompanhamos a trajetória de Beatrice, que após completar dezesseis anos, precisa escolher uma das cinco facções(abnegação, franqueza, audácia, amizade e erudição) que existem em sua sociedade para ir. Beatrice nasceu e foi criada na Abnegação(facção de seus pais) juntamente com seu irmão, Caleb. Porém, ela sempre sentiu que aquele não era o seu lugar, até porque ela nunca foi tão altruísta quanto aqueles que pertencem a abnegação precisam ser. Então, agora é a hora dela escolher qual será o destino dela. Lembrando que para qualquer outra facção que ela for ela terá que abandonar seus pais e construir uma nova vida lá.

Antes de acontecer de fato a cerimônia onde cada adolescente escolhe para onde vai, eles passam por uma série de testes que apontam qual seria a melhor escolha para eles. Beatrice faz os testes e o resultado de seu teste é inconclusivo, ou seja, não apontam uma facção exata. O resultado dela aponta três facções o que indica uma coisa: ela é divergente.

tumblr_n52mi8Vpql1tykmomo1_500No dia da escolha, Beatrice ainda está indecisa e após ver seu irmão escolher a Erudição, fica mais indecisa ainda por não querer que seus pais percam seus dois filhos, então na hora que sobe para escolher, por alguns momentos ela pensa em escolher a abnegação, mas ela sabe que lá não é o seu lugar, nunca foi. Então, decide por escolher a Audácia, facção dos corajosos.

fto_ft1_191101A cerimônia de iniciação da Audácia é a pior, poucos conseguem completá-la, porque em cada teste você precisa ter mais coragem. Uma das coisas que é necessária é pular do alto de um prédio muito alto onde você não pode ver o que há no chão e Beatrice, em um ato de coragem, é a primeira a pular.
Quando chega lá embaixo, Quatro(líder dos iniciandos da audácia) permite a ela a escolha de mudar de nome e, ela opta por Tris.

Screen-Shot-2013-07-12-at-11.44.38-AM-1000x664Para sobrevir dentro da audácia, ela precisa deixar de ser Beatrice, a garotinha da abnegação, e precisa passar a ser Tris, a corajosa da audácia. E, isso significa que ela terá que enfrentar seus piores medos, aprender a lutar e a se defender. Porém, também terá que aprender a esconder a sua divergência, o que é quase impossível de ser feito na iniciação da audácia já que ela percebe quando está em uma simulação.

largeE, é claro que todo filme precisa ter o romance. Quatro, que no início não era muito gentil, se torna cada vez mais próximo de Tris e acaba se juntando a ela em praticamente todas as encrencas que ela se mete. E depois… vocês já podem imaginar que eles acabam juntos né?

DivergenteBom, o resto do desenrolar da história vocês só vão descobrir vendo o filme! E, com certeza, vale a pena o seu tempo! O filme possui desde cenas de suspiro entre Quatro e Tris até cenas que fazem qualquer um perder o fôlego!

Outra coisa que eu amei nesse filme foi a trilha sonora! Sério, gente, nunca tinha visto um filme com uma trilha sonora tão boa! Cada música fica excelente com a cena que está acontecendo, fiquei extremamente apaixonada! E, claro, vou deixar a playlist com as músicas aqui pra vocês também poderem curtir:

Espero que tenham gostado e para quem não assistiu ainda: corre pra ver! Beijos!

Resenha por: Vanessa Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s