Resenha: A Seleção

A-SeleçãoLivro: A Seleção
Autora: Kiera Cass
Número de Páginas: 368
Editora: Seguinte

 

“[…] Por acaso eu era a única pessoa a ver meus defeitos? Não era refinada. Não sabia ser mandona nem superorganizada. Na verdade eu era egoísta e geniosa, e não gostava de aparecer na frente dos outros. Não era corajosa, e esse emprego exigia coragem. Sim, emprego: não se tratava só de um casamento, mas de um cargo”

 

 

Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças de dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.
Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.
Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

Você não pode achar que é capaz de dar tudo para todo mundo que ama. Não dá para você fazer tudo.

Peguei esse livro emprestado recentemente depois de ler tantas resenhas elogiando-o e sinceramente? Lá vai mais um elogio! Primeiro ponto: A capa desse livro é linda, desculpem, precisava citar isso porque eu realmente amei a capa. Agora, vamos ao que realmente interessa.
Nesse livro conhecemos America, uma cantora da Casta 5 que vive um romance escondido com Aspen, um ‘ajudante’ da casta 6, possui uma irmã que já se casou e saiu de casa, um irmão extremamente egocêntrico que se mudou para poder ‘subir na vida’ e outra irmã sem idade suficiente para trabalhar. Conclui-se que, a renda da família, que é muito pobre, vem praticamente de América e seus pais que como artistas, não ganham muito. Mas, América era conformado com a vida dela e estava pronta para se casar com Aspen e virar uma seis, e é então que é anunciado que o Príncipe Maxon atingiu a maioridade e está a procura de uma princesa para posteriormente, se tornar a rainha. De início, America não queria se inscrever, porém após a persistência de sua família e do próprio namorado, acaba se inscrevendo, mas apenas por ter a certeza que não será selecionada. E é quando vem a surpresa. America é selecionada o que gera uma reviravolta na sua vida e ela se vê completamente perdida por não ter nenhum sentimento pelo príncipe e não querer sair de sua vida, mas tudo pode mudar.

Era uma sensação especial, insubstituível, que não tinha preço. Nenhuma rainha no trono poderia se sentir mais importante do que eu.

O Aspen, romance proibido da America, é um daqueles personagens que no início você ama e depois quer empurra-lo de um penhasco, ah, acreditem, tive muita vontade de fazer isso! A America, é extremamente divertida e com opiniões próprias, ou seja, não se deixa levar pela situação ou pela opinião dos outros, além de ser extremamente sincera com Maxon durante toda ‘A Seleção’, o que com certeza, faz todas as leitoras gostarem dela, ao mesmo tempo que a odeiam por certas coisas que ela faz durante sua impulsividade. O Maxon, é um verdadeiro cavalheiro e com sua incrivel gentileza e seu carisma, faz você ir gostando dele aos poucos, e claro, torcer para que ele ganhe o coração de America.

 “— … Estou aqui. E não estou lutando. Meu plano é aproveitar a comida até você me chutar — completou.”

Saindo um pouco do trio romântico, que nos faz dar ótimas risadas e muitos gritos de raiva, vamos focar no outro assunto do livro. A história se passa após a quarta guerra mundial, onde os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China e vemos uma sociedade dividida em castas, onde as últimas castas(seis, sete e oito) não possuem quaisquer privilégios e por muitas vezes passam fome, lembrando que aqueles que pertencem a casta oito são extremamente humilhados e não tem qualquer perspectiva de subir na vida. Dentro desse contexto, vemos vários ataques de rebeldes que desejam o fim das castas e passamos a conhecer a parte nem tão feliz da história, acredito eu que esse seja um dos pontos que tornam a história ainda mais interessante, pois o livro não fica apenas no romance, focando assim em outras partes de extrema importância na história. Esse é um dos pontos altos do livro que o difere dos romances comuns vistos por aí.

– Você chamou todas de “minha querida”? – perguntei, voltando o rosto para o resto do salão.
– Sim, e todas parecem ter gostado.
– É exatamente por isso que eu não gostei.

Acho que essa é a maior resenha que eu escrevi, mas vale a pena já que devorei o livro em dois dias. Pois bem, para aqueles que tem medo de encontrar apenas um romance chato e meloso, não caiam nessa, a história vai muito além disso e o romance é apenas um complemento. A Seleção, assim como Kiera Cass que teve total controle sobre a história e  não deixou a desejar e nenhum quesito, realmente me ganhou. Recomendo o livro, que aliás é o melhor desta trilogia, e espero que tenham gostado da resenha. Um beijo e até a próxima!

Resenha por: Vanessa Oliveira

Anúncios

4 pensamentos sobre “Resenha: A Seleção

  1. Pingback: Top 10 Melhores livros de 2014 + Pote da Felicidade |

  2. Pingback: [Curiosidades] A Seleção vai virar filme |

  3. esse livro ee perfeiiito muito oerfeito ,,,eu jah lii a seleção a elite e a escolha
    falta ainda contos da seleção e a herdeira pra mim ter inar a coleção toda
    e estou super ansiosa pro filme
    qee jah foiii confirmado qee vai saiir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s