[De dentro para fora] Por que escrevo?

tumblr_mnrors1PpR1rfegjio3_500-vert

 

Boa noite, gente! Depois da nova coluna de sexta, é hora de outra coluna nova: de dentro para fora. E essa é só minha! Como já citei no post anterior, tenho um pouco de vergonha de mostrar o que escrevo para as pessoas mas, nessa coluna, estarei mostrando um pouco mais do que penso, do que sinto, um pouco mais de mim. E, não havia nenhum tema melhor para estrear essa coluna do que falar o motivo pela qual escrevo.

Já faz algum tempo que penso nessa questão, afinal por que escrevo? Pensei em fazer uma poesia, um poema ou um texto cheio de frases bonitas e inspiradoras, mas a verdade mesmo, é que escrever faz parte de mim e ponto. Sempre gostei de olhar para as palavras e imaginar o que poderia fazer com elas, imaginar que lindas frases e textos poderiam ser formadas a partir delas e como já era de se esperar, escrever se tornou o meu passatempo preferido e realmente espero que um dia isso saia de apenas um passatempo e possa fazer parte da minha vida profissional.

Com o passar do tempo, escrever se tornou mais do que um simples contar de fatos, escrever, para mim, se tornou a forma que eu tenho mais facilidade para conseguir me expressar. Costumo gostar de escrever para passar o tempo, para esquecer as coisas ou para sair do mundo por alguns minutos e viajar um pouco por um universo que é só meu, onde eu sei que ninguém, ninguém mesmo pode entrar.

Sei que em algum momento desse texto você irá me chamar de maluca, porque como pode alguém gostar tanto de… LETRAS? Creio eu que não haja uma explicação séria para isso, só quem sente esse prazer, só quem sabe como é ler o que escreveu e se sentir aliviado por ter tirado um peso das costas ou simplesmente por ter contado algo que aconteceu e lhe deixou feliz irá entender o que estou dizendo.

A verdade é, que quem gosta mesmo de escrever, como eu, fica apenas procurando um motivo para escrever, uma desculpa para poder faze-lo ou até mesmo algo que de certa inspiração. Alma de escritor é assim, vê frases e textos em todos os lugares, seja ao observar o andar de alguém, ao olhar para um papel, ao ver o por do sol ou simplesmente, ao escutar o barulho das ondas. Não pedi por isso, mas a verdade é que as palavras me escolheram, sou encantada por elas desde sempre, vejo minha vida nelas e tenho os meus maiores sonhos com elas.

Um dia, quem sabe, não mostro para todo mundo esse amor e faço as minhas palavras conquistarem as pessoas? Mas, acima de tudo, espero não perder o gosto pela escrita, espero não perder o prazer que sinto ao escrever e os milhares de sentimentos que só ficam em ordem quando colocados em um papel ou seja lá onde for.

Acabei não me explicando e sim complicando(ou não), mas não espero que você me entenda, espero que você apenas sinta e perceba o que isso é para mim. Escrever é mais do que posso explicar, é algo que vai além, é algo que quando o faço, me faz pensar que sou importante e que nasci para isso.

Talvez esse não seja o texto mais bonito, nem tenha as melhores frases que você já leu, mas com certeza é de dentro para fora, é pessoal e é parte de mim, na verdade, sempre foi, só talvez nunca tenha sido dito de forma tão explícita, bom, pelo menos não até agora. Compreendendo ou não como isso é possível, sou uma eterna ‘apaixonada por palavras’ e não há maior alívio do que admitir isso.

Cada palavra carrega um pouco de mim, talvez até mais do que eu gostaria. Mas o fato é: ninguém pode tirar aquilo que me define. – Vanessa Oliveira, sim, eu mesma”

Escrito por: Vanessa Oliveira

 

Anúncios

5 pensamentos sobre “[De dentro para fora] Por que escrevo?

  1. A cada dia fico mais orgulhosa de voce, isso é fato. Nao vou medir palavras pra elogiar seu texto pois acredito que ja é um sucesso, entao voce: LACROU, ARRASOU, SAMBOU … Enfim, eu amei ! Aguardando o dia que voce vai me chamar desesperada pra saber qual o melhor jeito de dar um autografo (risos). Te amo, sucesso sempre

  2. Achei muito difícil não poder pensar nessas palavras tão lindas que escreveu. Só entende um amor pela escrita quem realmente ama escrever. Fico muito orgulhosa de “ver” onde você chegou e como o blog está crescendo. Vanessa você é uma menina brilhante (como sempre foi rs’) e nunca deixe esse brilho, esse talento no oculto. Nunca se esqueça de Deus, que lhe concedeu esse talento. Beijos e até qualquer outro dia (:

    • Ah, Victória, muito obrigada pelo carinho e pelas palavras. Com certeza, toda honra e glória a Deus, porque eu sei que foi ele que me concedeu esse talento. Até qualquer outro dia? Sinto uma visita chegando? Risos.
      Beijos.

    • Ah, Victória! Obrigada pelo incentivo e pelos elogias. Com certeza, toda honra e glória a Deus porque sem ele, nada disso seria possível!
      Até qualquer outro dia? Sinto uma visita chegando? risos..
      Beijos, até!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s