[Sua Vez] Por que você escreve?

tumblr_mdz8uorypP1rje37wo1_500Boa noite, gente! Hoje estou aqui para falar e estrear a nova coluna do blog: sua vez. Resumidamente, uma vez por mês irei escolher um tema, farei algumas perguntas e vou escolher as pessoas para participarem, ou se você deseja participar, é só falar. O tema dessa vez é: Por que você escreve?
Escolhi quatro perguntas e juntei as respostas para não ficar algo muito grande. Abaixo de cada resposta, fiz um pequeno comentário do que mais gostei da resposta.

Seguem as perguntas:

→ Você gosta de escrever?
→  Por que?
→  Qual a sua inspiração?
→ O que você sente quando escreve?

“Gosto, porque além de ser uma diversão, eu posso mostrar para as pessoas o que se passa na minha cabeça. Meu pai é minha inspiração, ele escreveu um livro de poesia há alguns anos e eu sempre quis escrever algo parecido. Me sinto feliz.” – Maria Eduarda, 13 anos, Rio de Janeiro

Alguém mais tem um pai que escreveu um livro? Não? Acho honrável quando a inspiração de alguém é sua família ou tem algo haver, afinal, família é a base de tudo.

“Sim, eu amo escrever. Pode não parecer, mas eu escrevo muito e sobre tudo porém, tenho um pouco de vergonha que as pessoas vejam. Gosto de me expressar e escrever se torna o melhor jeito de realizar isso. Eu me inspiro na minha vida, em tudo o que acontece comigo. Me inspiro também nos livros que leio e nos acontecimentos que vejo pela tv. Eu sinto essa tal “liberdade”, sinto que posso ser quem eu quiser, sem ninguem pra me julgar.” – Ana Carolina, 15 anos, Rio de Janeiro

Confesso que me identifiquei um pouco com a parte de ter vergonha, também costumo sentir vergonha quando as pessoas veem algo que escrevi. Além, de também ter parte da minha inspiração nos livros.

“Gosto, porém não tenho muita criatividade e talento para isso. É uma maneira de expressar meus pensamentos e sentimentos. Observo o que acontece no decorrer da vida, nada específico. Aliviada, como se tivesse contado algo importante para alguém que simplesmente escuta, sem reclamar e criticar meu ponto de vista” – Jorlayne, 14 anos, Rio de Janeiro

Afinal, quem não acha que escrever é uma maneira de expressar o que sente? Acredito que ninguém, risos. Sem dúvidas alguma escrever dá certo alívio.

“Gosto, porque eu expresso melhor meus sentimentos. De pessoa seria a Becca, porque eu gosto do jeito que ela prende as pessoas, mas para começar a escrever, depende muito do momento. Orgulho? Sei lá, a maioria das vezes me surpreendo porque eu consigo deixar claro o que eu queria e de um jeito formal” – Nathalia Rodrigues, 13 anos, Rio de Janeiro

Ah, querida Becca, para aqueles que não sabem, é a escritora da saga Hush Hush, e com certeza Becca possui um jeito incrível de prender as pessoas. É sempre bom ler o que escreveu e ter uma sensação boa.

“Gosto, me sinto bem escrevendo. Porque acho que é uma forma de externar meus sentimentos, meu ponto de vista sobre as coisas e principalmente criar algo que também influencie outras pessoas a sentirem essa mesma experiência. Minha inspiração são as pessoas ao meu redor, a forma como elas olham a vida, os livros é claro que me influenciam a um dia quem sabe, fazer algo tão mágico como eles. Me sinto como uma ave que pode voar livremente, descobrindo novos lugares, com a capacidade de sempre poder criar algo novo.” – Marianna Lays, 14 anos, Pernambuco

É realmente excelente a ideia de poder influenciar as pessoas com o que você escreve. Livros, sempre inspirando as pessoas. Comparo o jeito que a Marianna se sente ao escrever a forma que me sinto lendo.

“Gosto, porque é uma forma tanto de desabafar quanto de por as ideias em ordem seja sobre algo que esteja passando comigo ou de algo criativo que eu queira registrar. Apesar de escrever mais quando estou triste ou em uma situação ruim, me sinto inspirada lendo o que outras pessoas escrevem ou quando penso muito em situações cotidianas e em coisas que acontecem na vida. Me sinto livre e leve como uma formadora de palavras, me sinto viva mesmo.” – Alicia Gomes, 15 anos, Rio de Janeiro

Por as ideias em ordem ou bagunçar ainda mais? Há as duas opções ao se escrever, tudo depende do momento. Formadora de palavras… nunca tinha ouvido essa expressão, mas é exatamente assim que a maioria de nós se sente ao escrever, vivo.

E por aqui termina a nova coluna. Espero que tenham gostado e mês que vem tem mais, com um tema diferente. Me desculpem se o post ficou muito grande, da próxima vez arranjo um jeito de diminuir um pouco. Obrigada a todos que participaram e me ajudaram, espero que tenham gostado!

Escrito por: Vanessa Oliveira

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s